мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

AMAR PELA SIMPLES RAZÃO DE AMAR


Amar pela simples razão de amar, talvez sofrer antecipado, mas o que é mais que o amor? Um simples olhar, um toque suave como a brisa, como o cantar dos passarinhos. Aonde o pensamento e o coração falam mais alto do que qualquer grito.Amar, amar é como uma pluma a favor do vento. É deixar-se ninar pelo sonho manhoso de um acalento.Não há no mundo quem diga que o amor não existe. É só olhar ao lado e ver que lá está o amor; na criança que lhe oferece um sorriso, no sereno manhoso da madrugada, no futuro maravilhoso da humanidade, que pela simples razão de amar, fez fluir a vida nas entranhas do nosso ser, e deu- nos ainda um Cordeiro Imaculado e Sem manchas ao envolver- nos com seu amor de Pai. Você ainda pergunta o que é o Amor? O amor é o choro de uma criança ao despertar para uma vida nova.
(Autor: Paulo José de Maria)

terça-feira, 23 de setembro de 2008

MEU AVATAR

MEU AVATAR

SAUDADE





Saudade ,coisa estranha,invisível.
Coisinha que incomoda,fere.
Que traz lembranças só boas,
que em tanta coisa interfere.
Tenho tantas saudades,tantas,
até do amor que aos poucos morre em mim,
engraçado mas tanto amei meu amor,
que me dói ter que vê-lo no fim.
É estranho até pra dizer, mas de amor prefiro sofrer,
pois viver assim sem amar,
é um jeito infeliz de morrer.
Amor me deixa mais leve,
me faz ter mêdo, sofrer,
me faz sentir tanto mêdo,
me faz gostar de viver.
Tantos anos, e amei tão pouco.
Mas me lembro de cada momento,
cada riso,poemas e flores,
cada ida,fim, sofrimento,
Me lembro de cada amor que amei,
de cada "eu te amo" que minha boca disse,
de cada poema ,tanta poesia,
tão bom seria se o amor nao partisse,
A saudade que agora me volta,
trabalha direto sem piedade
é so o amor dar um tempo,
lá vem a maldita saudade.
Amarei mais mil vezes,se preciso,
não me importo se amado tambem eu for,
entre ser um vivo vazio,
prefiro ser morto de amor.
Entao saudade,aproveita
sei que morre de amores por mim,
aproveita que logo te deixo,
vais sentir saudades de mim...
(Marcelo Vico- Jovem poeta das Gerais)
************************************
MEUS POEMAS?
Meus poemas ,sou eu,
cantado em versos sentidos,
rimado em rimas sem nexo,
escritos, alguns nunca lidos.
Meus poemas,minha alma,hora deserta,
hora cidade povoada,
hora mar revolto ,hora calmaria,
hora curva de ida,
ou reta de chegada.
Meus poemas,meu peito,
versos as vezes vazios,sem cor,
cantados sem rima,ou versos,
procurando cantar um amor.
(Marcelo Vico, o Poeta Mineiro )

domingo, 21 de setembro de 2008

INVASÃO DE CORAÇÃO


Dizem que nosso coração tem chave. Pura quimera ...
Se tivesse fechadura, eu o mantería fechado, impediria as invasões das coisas ruins, nada de desilusões,de falsas paixões, decepções e tantas outras distorções.
Ao sofrer uma perda, tac, fecharía imediatamente a porta do meu coração e comería a chave, e deixaría dentro bem trancado, a sete chaves, só as boas lembranças.
Sucumbiria à felicidade do pretérito feliz, nada do presente nem do futuro, nada de lembranças tristes.
Dissiparia qualquer temor, afinal um invasor cruel que destroça o meu coração, chama-se medo, MEDO de sofrer, MEDO de esquecer de um pedaço de mim que voou para o infinito, MEDO de me ferir, MEDO de não mais ser feliz.
Outra invasora mais triste que o medo, é a Saudade.
Cruel saudade insana, que hoje reina no meu coração dolorido e chagado, que tira minha paz, que me tortura e atormenta sem dó.
A despeito de tudo isso, invadem meu coração, sensações boas, que atraem para minha vida delicias como o amor, a paixão, a fortuna, a saúde, a amizade, a fé, a esperança, a vontade de viver, a superação das coisas ruins.
Se você é mensageiro dessas sensações boas por excelencia, estah convidado a invadir meu coração, não precisa bater, a chave está na porta!. Afinal como diz o poeta ...
" O que me dói não é
O que há no coração
Mas essas coisas lindas
Que nunca existirão..."
( Nívea Sabino)

AMO TATOO

" Aquele que empresta o corpo para a arte experimenta o gosto amargo do preconceito e o doce prazer de ter o direito de ser diferente... ". *******************************
(Ignoro a autoria)

sábado, 20 de setembro de 2008

ANA PAULA MINHA LINDA IRMÃ! PURA IMAGEM E POESIA!

" Agora falando sério, Chega de provocação. O dito aracnídeo, Famoso Escorpião, É de picar dolorido, Não mexa com ele não. Mas referindo-se ao signo, Não suporta traição, Ataca para defender. O seu grande coração, Carinhoso e ardente, Ama com todo o poder. Quem o tem,
a ele sente . Pra nunca mais esquecer. Sempre é muito fiel. Aos amigos, se dedica. Tem doce, nunca tem fel. Quando passa a marca fica. Se você o conquistar , Se entregue, com intensidade . Pois um amor como esse , É feito de sensualidade . E para quem duvidar , O que digo, não é demais Tudo o que aqui digitei, é isto e muito mais..."
(By Blog Palavras e Poemas)

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

PENSEI QUE FOSSE O CÉU

Estou aqui mas esqueci
Minha alma num hotel
Meu coração na caneta
Meus desejos num papel
Eu vinha sem retrovisor
Um rosto estranho me chamou
E a minha pele não me coube mais
A sorte veio e me encontrou
Na corda bamba do amor
Meus dias nunca mais serão iguais
Estava ali, me confundi
Pensei que fosse o céu
O azul do mar me chamou
E eu pulei de roupa e de chapéu
A onda veio e me levou
Desse lugar e agora eu sou
Uma ilusão, a solidão é meu troféu
Aquela foto amarelou
O riso no meu camarim
Felicidade bate a porta e ainda ri de mim
(Vander Lee, poeta, cantor, maravilhoso, amoooo)

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

CONCLUSÕES DE ANINHA

Estavam ali parados. Marido e mulher.Esperavam o carro. E foi que veio aquela da roça
tímida, humilde, sofrida.
Contou que o fogo, lá longe, tinha queimado seu rancho,e tudo que tinha dentro.
Estava ali no comércio pedindo um auxílio para levantar novo rancho e comprar suas pobrezinhas.
O homem ouviu. Abriu a carteira tirou uma cédula, entregou sem palavra.
A mulher ouviu.
Perguntou, indagou, especulou, aconselhou,se comoveu e disse que Nossa Senhora havia de ajudar
E não abriu a bolsa.
Qual dos dois ajudou mais?
Donde se infere que o homem ajuda sem participar e a mulher participa sem ajudar.
Da mesma forma aquela sentença:
"A quem te pedir um peixe, dá uma vara de pescar."
Pensando bem, não só a vara de pescar, também a linhada,o anzol, a chumbada, a isca, apontar um poço piscoso e ensinar a paciência do pescador.
Você faria isso, Leitor?
Antes que tudo isso se fizesseo desvalido não morreria de fome?
Conclusão: Na prática, a teoria é outra.
( Cora Coralina)

SABER VIVER

Não sei... Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: Colo que acolhe, Braço que envolve, Palavra que conforta, Silêncio que respeita, Alegria que contagia, Lágrima que corre, Olhar que acaricia, Desejo que sacia, Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, É o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela Não seja nem curta, Nem longa demais, Mas que seja intensa, Verdadeira, pura... Enquanto durar
(Cora Coralina a grande poetisa de Goiás)

O MILAGRE DE LANCIANO

ROMA, quinta-feira, 5 de maio de 2005 (ZENIT.org).- O doutor Edoardo Linoli afirma a Zenit que sustentou em suas mãos um verdadeiro tecido cardíaco quando analisou anos atrás as relíquias do milagre eucarístico de Lanciano (Itália), o mais antigo dos conhecidos. O fenômeno se remonta ao século VIII. Em Lanciano, na igreja dedicada a São Legonciano, um monge basiliano que celebrava a missa em rito latino, após a consagração, começou a duvidar da presença real de Cristo sob as sagradas espécies. Nesse momento, o sacerdote viu como a sagrada hóstia se transformava em carne humana e o vinho em sangue, que posteriormente se coagulou. Na catedral estão custodiadas estas relíquias. Professor de Anatomia e Histologia Patológica, de Química e Microscopia Clínica, e ex-chefe do Laboratório de Anatomia Patológica no Hospital de Arezzo, o doutor Linoli foi o único que analisou as relíquias do milagre de Lanciano. Seus resultados suscitaram um grande interesse no mundo científico. Em novembro de 1970, por iniciativa do arcebispo de Lanciano, Dom Pacífico Perantoni, e do ministro provincial dos Conventuais de Abruzzo, contando com a autorização de Roma, os Franciscanos de Lanciano decidiram submeter a exame científico as relíquias. Encomendou-se a tarefa ao professor Linoli, ajudado pelo professor Ruggero Bertelli --da Universidade de Siena--. Com a maior atenção, o professor Linoli extraiu partes das relíquias e submeteu a análise os restos de «carne e sangue milagrosos». Em 4 de março de 1971 apresentou os resultados. Evidenciam que a carne e o sangue eram com segurança de natureza humana. A carne era inequivocamente tecido cardíaco, e o sangue era verdadeiro e pertencia ao grupo AB. Consultado por Zenit, o professor Linoli explicou que, «pelo que diz respeito à carne, encontrei-me na mão com o endocárdio. Portanto não há dúvida alguma de que se trata de tecido cardíaco». Quanto ao sangue, o cientista sublinhou que «o grupo sanguíneo é o mesmo do homem do Santo Sudário de Turim, e é particular porque tem as características de um homem que nasceu e viveu nas zonas do Oriente Médio». «O grupo sanguíneo AB dos habitantes do lugar de fato tem uma porcentagem que vai de 0,5 a 1%, enquanto que na Palestina e nas regiões do Oriente Médio é de 14-15%», apontou. A análise do professor Linoli revelou também que não havia na relíquia substâncias conservantes e que o sangue não podia ter sido extraído de um cadáver, porque se haveria alterado rapidamente. O informe do professor Linoli foi publicado em «Quaderni Sclavo di diagnostica clinica e di laboratório» (1971, fasc 3, Grafiche Meini, Siena). Em 1973, o conselho superior da Organização Mundial da Saúde (OMS) nomeou uma comissão científica para verificar as conclusões do médico italiano. Os trabalhos se prolongaram 15 meses com um total de quinhentos exames. As conclusões de todas as investigações confirmaram o que havia sido declarado e publicado na Itália. O extrato dos trabalhos científicos da comissão médica da OMS foi publicado em dezembro de 1976 em Nova York e em Genebra, confirmando a impossibilidade da ciência de dar uma explicação a este fenômeno. O professor Linoli participa esta quinta-feira no Congresso sobre os milagres eucarísticos organizado pelo Master em Ciência e Fé do Ateneu Pontifício Regina Apostolorum (Roma), em colaboração com o Instituto São Clemente I Papa e Mártir, com ocasião do Ano Eucarístico que a Igreja universal celebra até outubro. «Os milagres eucarísticos são fenômenos extraordinários de diferente tipo», explicou o diretor do Congresso, o padre Rafael Pascual LC, em «Rádio Vaticano»: «por exemplo, há a transformação das espécies do pão e do vinho em carne e sangue, a preservação milagrosa das Hóstias consagradas, ou algumas hóstias que vertem sangue». «Na Itália, há vários lugares onde ocorreram estes milagres eucarísticos --declarou--, mas também os encontramos na França, Alemanha, Holanda, Espanha» e alguns «na América do Norte».
("O milagre eucarístico de Lanciano segundo o cientista que comprovou sua autenticidade" MONTFORT Associação Culturalhttp://www.montfort.org.br/index.php?secao=imprensa&subsecao=igreja&artigo=20050728&lang=bra )

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

LUA ADVERSA

" Tenho fases, como a lua Fases de andar escondida, fases de vir para a rua... Perdição da minha vida! Perdição da vida minha! Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha. Fases que vão e vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para meu uso. E roda a melancolia seu interminável fuso! Não me encontro com ninguém (tenho fases como a lua...) No dia de alguém ser meu não é dia de eu ser sua... E, quando chega esse dia, o outro desapareceu...LUA ADVERSA Tenho fases, como a lua Fases de andar escondida, fases de vir para a rua... Perdição da minha vida! Perdição da vida minha! Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha. Fases que vão e vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para meu uso. E roda a melancolia seu interminável fuso! Não me encontro com ninguém (tenho fases como a lua...) No dia de alguém ser meu não é dia de eu ser sua... E, quando chega esse dia, o outro desapareceu..."
(Cecilia Meirelles, a poetisa da alma)

APESAR DE ...

“Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente.”
( Clarice Lispector)

terça-feira, 16 de setembro de 2008

FESTA DIA 19 DE SETEMBRO DE 2008.

Dai-nos a bênção ó Maria querida,
Dai-nos a bênção ó Mãe de Bondade,
Nossa Senhora de Piedade!
VALE DA IMACULADACONCEIÇÃO
CASA DA MÃE DO CÉU!

ONDE ESTÁ FLORBELA ESPANCA?



"Às vezes a encontro
Repousando em minha velha
e surrada biblioteca.
Então conversamos sobre o dia
em que nos conhecemos.
Ainda a ouço recitar
Seus versos em meu ouvido.
O dia em que suas palavras
Entraram em meus olhos
Calaram na minha alma
E não quiseram mais sair
Porque as palavras que ela dizia
Era tudo o que eu lia em mim.
Mas hoje eu a encontrei aqui
Sentada dentro de mim
Digitando dores
Cantando amores
E desfiando um rosário sem fim...
Me tranquei na torre
Do meu castelo de náufraga,
Para ficar só,
E rasgar minhas mágoas.
Mas ouvi alguém chamar ao longe
Onde está Florbela Espanca?
Eu respondo...
Procure ai dentro de ti...
O espírito dela
Vagueia solto
Pelas charnecas
E calabouços
De cada alma atormentada
Que busca o amor
Mas encontra a dor
Do ter ou do não ter.
Do querer e do não ser querido.
De encontrar o que não se buscou.
E da busca eterna
Do não entendido
Ela habita os corações desesperados
Os olhos marejados
E ciceroneia nas noites frias
Na busca dos desesperados
Atrás do sonho de ser amado!!!"
( Ignoro a autoria, mas é lindo este poema que descreve o que Florbela representa para esta humilde poeta insone, Nívea Sabino .)

EU ERA FELIZ E SABIA!

“Quando você foi embora fez-se noite em meu viver “Me senti frágil , impotente. Olhei para o céu e não vi a luz.Procurei a terra e não senti o chão.Um misto de medo e horror.Numa linguagem diferente declarei o meu amor.Foram dias e noites em busca de explicações, justificativas, questionamentos... Caminhei SOZINHA. Seu retrato estampado nos jornais, você virou estatística, o boletim de ocorrência, laudo pericial, atestado de óbito, quando esperava seu diploma de bacharel. Missas... Parecia um conto sem ponto final. Nem sempre choro, mas no silêncio do meu grito muitas vezes desejei morrer.Não é fácil esta espera.Talvez um ano. Muitos Anos ...Já se passaram três. .Passe uma década talvez ... Será que você volta ?Quando vou ao seu encontro?Não tenho certeza de nada. Se eu tivesse uma chance, uma chance só de realizar um único desejo eu diria: “ Filho, Volta pra casa, pra gente ser feliz de novo.”

MEU FILHO CORAGEM!!!

Estais sempre alegres, orai incessantemente, dai graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus a vosso respeito em Cristo Jesus (1 Ts 5,16-18).Existem momentos e situações em nossas vidas que é difícil dar graças a Deus. Como você eu também já passei por situações assim. Mas, nestes momentos dolorosos e difíceis, nós precisamos nos voltar para Deus, certos de que, a sua Divina Providência nos acompanha e nos assiste. Creia: Deus está em tudo e tem o controle de todas as coisas em suas mãos. Fomos criados para o louvor, a adoração e a ação de graças. Deus não nos daria uma ordem que teríamos dificuldades em cumprir.´ Em tudo, em todas as circunstâncias, em qualquer situação, aconteça o que acontecer, dai graças, louvai e adorai ´ . Meu filho, minha filha, coragem! O louvor e a adoração são remédio para coração! Não desanime, vá em frente, coragem!Do seu irmão em Cristo,Pe. Jonas Abib
(Monsenhor Jonas Abib- Comunidade Canção Nova- Cachoeira Paulista-SP)

UM ANJO VEIO, SORRIU E VOLTOU PARA O CÉU!

Às vezes, fico pensando por que tantas pessoas tão jovens e de coração tão belo vão embora tão cedo?!
Na minha pequenez, penso que é porque essas pessoas já estão preparadas para receber o grande presente que viemos aqui buscar:
a vida eterna, a alegria eterna, a paz eterna!

SAUDADE

Sorri quando a dor te torturar E a saudade atormentar Os teus dias tristonhos vazios Sorri quando tudo terminar Quando nada mais restar Do teu sonho encantador Sorri quando o sol perder a luz E sentires uma cruz Nos teus ombros cansados doridos Sorri vai mentindo a sua dor E ao notar que tu sorris Todo mundo irá supor Que és feliz Sorri quando a dor te torturar E a saudade atormentar Os teus dias tristonhos vazios Sorri quando tudo terminar Quando nada mais restar Do teu sonho encantador Sorri quando o sol perder a luz E sentires uma cruz Nos teus ombros cansados doridos Sorri vai mentindo a sua dor E ao notar que tu sorris Todo mundo irá supor Que és feliz ( Charles Chapin)

FANATISMO DE FLORBELA

Minh'alma de sonhar-te anda perdida Meus olhos andam cegos de te ver Não és sequer razão do meu viver Pois que tu és já toda a minha vida! Não vejo nada assim, enlouquecida... Passo no mundo, meu Amor, a ler No misterioso livro do teu ser A mesma história tantas vezes lida! "Tudo no mundo é frágil, tudo passa... "Quando me dizem isto, toda a graça De uma boca divina fala em mim! E, olhos postos em ti, digo de rastros: "Ah! Podem voar mundos, morrer astros, Que tu és como Deus: Princípio e Fim!..." (Florbela Espanca)

INVASÃO DE CORAÇÃO

Dizem que nosso coração tem chave.
Quimeras...
Se tivesse fechadura, o mantería fechado, impediria as invasões das coisas ruins, dos maus sentimentos, nada de desilusões,das falsas paixões, decepções e tantas outras distorções.

Quando ocorresse uma perda, tac, fecharía imediatamente a porta do meu coração e comería a chave, e deixaría dentro bem trancado, a sete chaves, só as boas lembranças, viveria do pretérito feliz, nada do presente nem do futuro, pois a pior invasão que destroça o meu coração é a sensação de medo,medo de sofrer, medo de esquecer de um pedaço de mim que se foi para o infinito, medo de me ferir, medo de não ser feliz.

Invasora mais triste que o medo, é a Saudade.

Cruel saudade insana, que hoje reina no meu coração aberto e chagado, que tira minha paz, que me tortura e atormenta sem dó.

Ainda bem que invadem meu coração, sensações boas, que atraem para minha vida delicias como o amor, a paixão, o dinheiro, a saúde, a amizade, a fé, a esperança, a vontade de viver, a superação das coisas ruins.

Se você é mensageiro dessas sensações boas por excelencia, estah convidado a invadir meu coração, não precisa bater, a chave está na porta!. Afinal...

" O que me dói não é

O que há no coração

Mas essas coisas lindas

Que nunca existirão..."

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.