мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

domingo, 30 de janeiro de 2011

PAIXÃO







Beijo de cor e sabor de chocolate,
Que aguardo controlando arrepios
De desejos, de ânsia, de amor...

Meu corpo ansioso se debate,
Qual inseto nas teias de colantes fios,
Lutando contra a insistente dor...

Dói sua ausencia carnal,
Mas a distancia não evita,
O prazer delicioso e virtual,
Da sua voz quente que me excita...

Espero o dia de tocar teu corpo,
Pele cor do pecado,
Alisar teu belo dorso,
Ver- te em deleite, saciado....

Nessa hora bendita, 
Teu corpo se colará ao meu,
Então direi sou tua,
E o ouvirei dizer: Sou teu...
                                                                                            

   Nívea Sabino

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

SAUDADE

Que dor é essa que debridou meu coração?
Que bate descompassado,
Querendo saltar do peito?


                            É o músculo cardíaco que chora!
                            É as vezes tão letárgico,
                            Eu quase não posso sentir!


Faltando um pedaço se cala ...
Frio como pedra lascada,
Feito a lápide que me espera...


                                                                                                    
                                                                                                                            Nívea Sabino

EXTASE



Doce delírio,
Perder-me no teu corpo receptivo,
Carne, veias pulsantes,
Recebendo-me entre cálidos beijos
Sedentos de amor...

                  Palavras lançadas em sussurros,
Como flechas profanas,
                    Invadindo com seu som,
Meus sentidos, prazer e dor...

             O eu puritana se esvaindo,
              Todo meu êxtase se espargindo
                 Úmido, entre gritos roucos de prazer
                    Ecoando na pálida luz da lua.
Amar-te,
Doce prazer,
Deleite meu,
Teu corpo possuindo minha alma nua.











Nivea Sabino 

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

PECADO




Quem é santo nessa vida?
Há quem só pense em cama ...
Uns correm atrás de dinheiro e fama,
Outros pecam reclamando da lida.

Então quem é que vive sem pecar?
Ah, vida de ser humano não é facil!
Se apetece ardente desejo de amar,
No mesmo instante a alma vil,
Sente o ímpeto de odiar!

É melhor nem pensar, senão terei certeza
Que o inferno é meu lugar!
                                            
Nívea Sabino

domingo, 9 de janeiro de 2011

ÚLTIMO BEIJO


O beijo pálido,

Escondido na lágrima de adeus.
O cheiro doce do perfume
Amalgamado ao odor sensual
de corpos suados, saciados e cálidos
Invade o lugar...
Dantes iluminado e quente
Agora revela obscuros sentimentos
Retratando o fim do eterno.
Apaziguadas almas decadentes
Quem disse que só amar basta?






Nívea Sabino



sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

SOLIDÃO

UM CHÁ,
UM LIVRO,
AMORES QUE SE VÃO,
VIDA QUE SE DILUI NO TEMPO,

DE CÁ DA JANELA
MINHA CAMA,ELA SABE TODOS OS MEUS SONHOS!
MINHA JANELA ONDE VEJO O MUNDO LÁ FORA.

MINHA MESA COMPANHEIRA DE NOITES INSONES,
QUE ME ABRAÇA E SE LAVA COM MEU PRANTO.






















MEUS LIVROS,
COMPANHEIROS DE VIDA QUE PASSA,
CUJAS LETRAS SALTAM AOS MEUS OLHOS.
PERSONAGENS CUJAS VISCERAS PULSANTES
ME DELEITAM COM SUAS HISTÓRIAS ...

VIAJO SEM SAIR DESSE QUARTO AQUECIDO E ANTIGO,
O CHÁ QUENTE E AMARGO QUE SORVO A GRANDES GOLES,
LENDO ANTIGOS OU NOVOS LIVROS,
OU ESCREVENDO OS MEUS PRÓPRIOS,


QUE ALEGRAM OUTRAS VIDAS
E AQUECEM OUTRAS NOITES FRIAS
DE SOLITARIOS IGUAIS A MIM.
Nivea Sabino

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.