мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

SOLIDÃO

UM CHÁ,
UM LIVRO,
AMORES QUE SE VÃO,
VIDA QUE SE DILUI NO TEMPO,

DE CÁ DA JANELA
MINHA CAMA,ELA SABE TODOS OS MEUS SONHOS!
MINHA JANELA ONDE VEJO O MUNDO LÁ FORA.

MINHA MESA COMPANHEIRA DE NOITES INSONES,
QUE ME ABRAÇA E SE LAVA COM MEU PRANTO.






















MEUS LIVROS,
COMPANHEIROS DE VIDA QUE PASSA,
CUJAS LETRAS SALTAM AOS MEUS OLHOS.
PERSONAGENS CUJAS VISCERAS PULSANTES
ME DELEITAM COM SUAS HISTÓRIAS ...

VIAJO SEM SAIR DESSE QUARTO AQUECIDO E ANTIGO,
O CHÁ QUENTE E AMARGO QUE SORVO A GRANDES GOLES,
LENDO ANTIGOS OU NOVOS LIVROS,
OU ESCREVENDO OS MEUS PRÓPRIOS,


QUE ALEGRAM OUTRAS VIDAS
E AQUECEM OUTRAS NOITES FRIAS
DE SOLITARIOS IGUAIS A MIM.
Nivea Sabino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Boas Vindas! Abreijus Literários

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.