мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

PENSEI QUE FOSSE O CÉU

Estou aqui mas esqueci
Minha alma num hotel
Meu coração na caneta
Meus desejos num papel
Eu vinha sem retrovisor
Um rosto estranho me chamou
E a minha pele não me coube mais
A sorte veio e me encontrou
Na corda bamba do amor
Meus dias nunca mais serão iguais
Estava ali, me confundi
Pensei que fosse o céu
O azul do mar me chamou
E eu pulei de roupa e de chapéu
A onda veio e me levou
Desse lugar e agora eu sou
Uma ilusão, a solidão é meu troféu
Aquela foto amarelou
O riso no meu camarim
Felicidade bate a porta e ainda ri de mim
(Vander Lee, poeta, cantor, maravilhoso, amoooo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Boas Vindas! Abreijus Literários

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.