мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

domingo, 21 de setembro de 2008

INVASÃO DE CORAÇÃO


Dizem que nosso coração tem chave. Pura quimera ...
Se tivesse fechadura, eu o mantería fechado, impediria as invasões das coisas ruins, nada de desilusões,de falsas paixões, decepções e tantas outras distorções.
Ao sofrer uma perda, tac, fecharía imediatamente a porta do meu coração e comería a chave, e deixaría dentro bem trancado, a sete chaves, só as boas lembranças.
Sucumbiria à felicidade do pretérito feliz, nada do presente nem do futuro, nada de lembranças tristes.
Dissiparia qualquer temor, afinal um invasor cruel que destroça o meu coração, chama-se medo, MEDO de sofrer, MEDO de esquecer de um pedaço de mim que voou para o infinito, MEDO de me ferir, MEDO de não mais ser feliz.
Outra invasora mais triste que o medo, é a Saudade.
Cruel saudade insana, que hoje reina no meu coração dolorido e chagado, que tira minha paz, que me tortura e atormenta sem dó.
A despeito de tudo isso, invadem meu coração, sensações boas, que atraem para minha vida delicias como o amor, a paixão, a fortuna, a saúde, a amizade, a fé, a esperança, a vontade de viver, a superação das coisas ruins.
Se você é mensageiro dessas sensações boas por excelencia, estah convidado a invadir meu coração, não precisa bater, a chave está na porta!. Afinal como diz o poeta ...
" O que me dói não é
O que há no coração
Mas essas coisas lindas
Que nunca existirão..."
( Nívea Sabino)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Boas Vindas! Abreijus Literários

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.