мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

terça-feira, 23 de setembro de 2008

SAUDADE





Saudade ,coisa estranha,invisível.
Coisinha que incomoda,fere.
Que traz lembranças só boas,
que em tanta coisa interfere.
Tenho tantas saudades,tantas,
até do amor que aos poucos morre em mim,
engraçado mas tanto amei meu amor,
que me dói ter que vê-lo no fim.
É estranho até pra dizer, mas de amor prefiro sofrer,
pois viver assim sem amar,
é um jeito infeliz de morrer.
Amor me deixa mais leve,
me faz ter mêdo, sofrer,
me faz sentir tanto mêdo,
me faz gostar de viver.
Tantos anos, e amei tão pouco.
Mas me lembro de cada momento,
cada riso,poemas e flores,
cada ida,fim, sofrimento,
Me lembro de cada amor que amei,
de cada "eu te amo" que minha boca disse,
de cada poema ,tanta poesia,
tão bom seria se o amor nao partisse,
A saudade que agora me volta,
trabalha direto sem piedade
é so o amor dar um tempo,
lá vem a maldita saudade.
Amarei mais mil vezes,se preciso,
não me importo se amado tambem eu for,
entre ser um vivo vazio,
prefiro ser morto de amor.
Entao saudade,aproveita
sei que morre de amores por mim,
aproveita que logo te deixo,
vais sentir saudades de mim...
(Marcelo Vico- Jovem poeta das Gerais)
************************************
MEUS POEMAS?
Meus poemas ,sou eu,
cantado em versos sentidos,
rimado em rimas sem nexo,
escritos, alguns nunca lidos.
Meus poemas,minha alma,hora deserta,
hora cidade povoada,
hora mar revolto ,hora calmaria,
hora curva de ida,
ou reta de chegada.
Meus poemas,meu peito,
versos as vezes vazios,sem cor,
cantados sem rima,ou versos,
procurando cantar um amor.
(Marcelo Vico, o Poeta Mineiro )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Boas Vindas! Abreijus Literários

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.