мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

O AMOR A LUA E O POETA




A lua cheia resplandece bela,
Romântica e ávida de prazer.
O Criador a contempla sem cobiça,
O Céu é sua passarela,
Em êxtase deixa meu ser...
Ah, quem dera bela lua,
Ser também objeto de cobiça...
Meu corpo todo desejado,
Boca, pele, a anca roliça,
Sendo mil vezes deflorada,
Seduzida, amada pelo poeta,
Que canta a lua em versos roucos
Inspirados no sagaz desejo,
Trazendo a alma em frêmito
O corpo teso, suado e quente,
Comparando-me contigo,
Bela lua entre as nuvens escondida,
Meu corpo oculto na penumbra
Entre lençóis perfumados,
Contemplando-te bela lua
Nos olhos apaixonados do Poeta.
No frescor da janela aberta,
O amor saciado se acalma,
Enquanto o Poeta contempla
O teu reflexo em meu olhar
Possuindo minh’alma nua.


Nivea Sabino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Boas Vindas! Abreijus Literários

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.