мԾndPąℓą۷яąS - єѕ¢яιτσяα Níνєα Sαвιησ - BℓԾG Lιτєяáяισ

domingo, 29 de maio de 2011

CAOS

Poesia é caos.
Lava incandescente
Que jorra do coração
Brota na mente
E aniquila a alma.

Poesia é sentimento brusco,
Momentâneo e perene.
Um dia é amor,
Em outro desilusão,
Fogo ardente da paixão
Em outro desprezo certo.

Meu caos tem nome,
face, robustez e cor,
E todos os dias me consome
Em forma de poesia...

É dor, é fúria
É praga!
Chama- se Saudade
A minha eterna
Inspiração!

Nívea Sabino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Boas Vindas! Abreijus Literários

ASSISTAM - JOSANE PEER - O POETA DO ROCK

Loading...

Total de visualizações de página

PAUSA PARA UM RELAX! Alimente os peixinhos com um click.